B. Hostel

O B. Hostel localiza-se na Comporta e insere-se no contexto urbano do loteamento dos Brejos da Carregueira de Cima.

O edifício está implantado numa praça rectangular mediada por duas ruas, funcionando como espaço público principal do loteamento. O projecto pretendeu colmatar a frente da praça com um edifício de linguagem contemporânea que através da sua volumetria representasse alguma centralidade no conjunto urbano.

Para além das relações visuais criadas, a escolha do conteúdo programático mostrou-se fundamental para a promoção de novas vivências sociais e económicas. O uso de Hostel alia-se a um espaço comercial no piso térreo, tipologias até então inexistentes na zona. Espera-se com isto que a praça se transforme num espaço colectivo de convívio, alimentada pelas pessoas que vivem ou pernoitam nos diversos alojamentos das redondezas.

O edifício caracteriza-se pela implantação de um volume paralelepipédico de dois pisos e uma cave. As suas fachadas são caracterizadas por grandes planos brancos, pontuadas por envidraçados expressivos, elementos em ripado de madeira, varandas que se projectam para além dos limites exteriores e um terraço para Sudeste. O espaço intersticial entre a construção e os muros é definindo por zonas de estar exteriores, através de plataformas em deck de madeira, jardim e uma pequena piscina.

O Hostel foi pensado para ser uma grande casa, com sala e cozinha comum, várias zonas de estar interiores e exteriores. Dispõe de nove quartos, de diferentes tipologias, permitindo uma ocupação máxima entre 30 a 36 pessoas.

  • ProjectoB. Hostel
  • ClienteVOA Fly
  • LocalizaçãoComporta, Portugal
  • Área560 m2
  • ArquitecturaPereira Miguel Arquitectos
  • CoordenaçãoLuis Pereira Miguel
  • EngenhariaLNM engenharia civil (estabilidade), Projecto - Engenheiros Associados (outros projectos)
  • Empresa de construçãoBeach Blue Construções
  • Data2021
  • FotografiaLuis Viegas Photography